Acupuntura pode reduzir pressão alta

Um novo estudo sugere que uma forma de acupuntura pode beneficiar pacientes com pressão alta e diminuir o risco de derrame e doenças cardíacas.

Um ensaio clínico cego simples, conduzido na Universidade de Califórnia-Irvine (UCI), é a primeira confirmação científica que o antigo método de medicina chinesa é benéfico para pacientes com hipertensão (de leve à moderado).

No jornal Medical Acupunture (Acupuntura Medicinal), a equipe descreve a descoberta de como a eletroacupuntura pode reduzir a pressão sanguínea por até 6 semanas em pacientes com hipertensão.

A eletroacupuntura é uma forma de acupuntura que aplica impulsos elétricos de baixa intensidade através de agulhas inseridas em pontos específicos do corpo.

Os pesquisadores contam que suas descobertas sugerem que, com uso regular, a eletroacupuntura poderia ajudar as pessoas a controlarem sua pressão sanguínea e reduzir seus riscos de doenças cardíacas e derrame à longo prazo.

 

Autor sênior John Longhurst, um cardiologista e professor de medicina na UCI, conta que o estudo clínico vem após quase 10 anos de investigação sobre os efeitos da acupuntura na hipertensão arterial. Ele conta:

 “Ao usar o rigor científico Ocidental para validar uma antiga terapia Oriental, sentimos que integramos a medicina Ocidental e Chinesa e fornecemos um guia benéfico para tratarmos uma doença que afeta milhões nos EUA. ”

70% dos pacientes tratados sentiram uma queda notável na pressão sanguínea

 

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), existem aproximadamente 70 milhões de adultos americanos (29%) com hipertensão arterial – somente metade dos quais tem a condição sob controle.

Hipertensão arterial custa mais ou menos $46 bilhões por ano aos EUA. Essa estimativa cobre serviços de assistência médica, medicamentos e ausência ao trabalho.

Para seu estudo, o Prof. Longhurst e seus colegas recrutaram 65 pacientes com hipertensão que não estavam tomando medicamentos para tratar essa condição. Cada paciente foi aleatoriamente designado à um, de dois grupos.

Ambos os grupos foram tratados com eletroacupuntura, com a diferença de que um grupo (o grupo de tratamento) teve o tratamento aplicado na parte interna de ambos os pulsos e um pouco abaixo dos dois joelhos (pontos que se acredita reduzir a pressão alta na acupuntura), e o outro grupo, o teve aplicado em outros pontos ao longo do antebraço e canela (o grupo de controle).

O teste foi um estudo clínico cego simples. Isso significa que os aplicadores do tratamento sabiam quais dos pacientes estavam no grupo de tratamento e quais estavam no grupo de controle, porém os pacientes não tinham essa informação.

Os resultados mostraram que 70% dos 33 pacientes no grupo de tratamento sentiram uma queda notável na pressão arterial. Em média, a redução foi de 6-8 mm/Hg para tensão arterial sistólica e 4 mm/Hg para tensão arterial diastólica.

 

A sistólica (quando o coração contrai) é o maior, e a diastólica (quando o coração descansa entre contrações) é o menor dos números na leitura da pressão arterial.

Os pesquisadores contam que estas melhoras persistiram por 6 semanas após o tratamento.

O tratamento também apresentou outras mudanças benéficas

O grupo de tratamento também mostrou quedas significantes – 41% em média – na concentração sanguínea de norepinefrina (também chamada de noradrenalina), um hormônio que comprime os vasos sanguíneos e aumenta a pressão arterial e o açúcar no sangue.

O grupo de tratamento também apresentou uma queda de 67% na renina – uma enzima liberada nos rins que ajuda a controlar a pressão arterial – e uma queda de 22% em um hormônio que regula os electrólitos (aldosterona).

Não houve mudanças significantes de pressão arterial nos 32 pacientes do grupo de controle.

O Prof. Longhurst aponta que, embora as reduções na pressão arterial vistas no grupo de tratamento não foram grandes – a maioria variava entre 4 mm/Hg e 13 mm/Hg – eles foram clinicamente significantes e sugerem que o tratamento poderia ser especificamente proveitoso para pessoas com mais de 60 anos com elevada pressão sanguínea sistólica. Ele conclui:

 “Pelo fato da eletroacupuntura reduzir, tanto o pico, quanto a pressão média sistólica, por mais de 24 horas, essa terapia pode diminuir o risco de derrame, doenças arteriais periféricas, insuficiência cardíaca e infarto do miocárdio em pacientes hipertensos. ”

A Medical News Today também ouviu recentemente, sobre um estudo publicado no jornal Endocrinology, que sugere que a acupuntura age de forma similar a drogas psiquiátricas quando usado para tratar estresse crônico. Os pesquisadores da Universidade do Centro Médico de Georgetown em Washington, DC, chegaram a esta conclusão após conduzir experimentos controlados em ratos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *